Mobirise Web Maker

CURIOSIDADES SOBRE BEIJA-FLORES

  • Família: os Colibris ou Beija-flores são pássaros da família Trochilidae .
  • Ocorrência: são encontrados exclusivamente nas Américas
  • Número de espécies: mais de 350 com cerca de 770 sub-espécies
  • Maior número de ocorrências: Colômbia, Brasil, Peru, Venezuela, Guianas
  • Maior número de ocorrência por área: Estado do Espírito Santo, Brasil, com 42 espécies e sub-espécies, numa área de 45.000 km2
  • Velocidade de vôo: a espécie do cerrado e campos gerais brasileiros, Heliactin cornuta chega a 60 km/h
  • Velocidade de batimento das asas: a espécie brasileira Caliphlox amethystina chega a 90 batidas/segundo. As espécies maiores são mais lentas.
  • Maior colibri: Patagona gigas da Colômbia, com mais de 15 cm. É o mais lento também, com 2 vibrações de asa/segundo.
  • Menor colibri: Lophornis magnificus da floresta atlântica brasileira de montanha, com 1,2 grs. Há uma espécie nos EUA mais pesada mas alguns milímetros mais curta.
  • Alimento: néctar de flores com açúcar de 18 a 29% , micro insetos e micro aracnídeos. Têm necessidade de suprimento energético constante, o que o obriga a alimentar-se 4 a 5 vezes por hora para poder voar com sua energia e rapidez característica. Chegam a alimentar-se 30 vezes seu peso em alimentos/dia. Em bebedouros com alimentação artificial pode-se utilizar o açúcar cristal, sem qualquer problema para a saúde destes pássaros, desde que seja feito uma higienização diária das garrafinhas e a solução açucarada, de 20 a 25% de concentração, seja trocada diariamente logo no início do dia. qualquer dúvida, consulte-nos.
  • Máximo de altitude: Oreotrochilus chimborazo chega a 4.500 metros no monte Chimborazo, Equador.
  • Movimentação: somente vôo, com asas modificadas na mão, ao contrário dos outros pássaros que voam com o antebraço; usam os pés apenas para se arrastar no galho, isto é, não caminham no chão nunca.
  • Tempo de vida: na natureza 6 a 8 anos e em cativeiro, sem pressões de predadores podem chegar até 16 anos
  • Tempo de incubação dos ovos: 3 semanas
  • Tempo de maturação dos filhotes: 3 semanas
  • Quantidade de crias por ano: 2
  • Descanso: a noite, para economizar energia entram em torpor, reduzindo sua temperatura de 42ºC para 32ºC, e as batidas do coração de mais de 2000 por minuto para 40 por minuto.
  • Corte nupcial: é sempre propiciada pelo macho com deslumbrantes exibições de plumagens, malabarismos de vôo e canto.
  • Área mínima: Dependendo da espécie e do tipo de ecossistema, pode variar de 1 km2 a mais de 100 km2 por indivíduo.
  • São os únicos pássaros que param no ar, voam para trás, para cima, em movimento circular, em movimento helicoidal, em parafuso, em cambalhota.
  • Plantas preferidas: bromélias e plantas de flor avermelhada com néctar

Venha observar os  Beija-Flores

Grande criação de beija flores no sudeste do Brasil, responsável Biólogo André Ruschi.

Beija-flor rabo-branco-mirim (Phaethornis idaliae)

BEIJA FLORES DE SANTA CRUZ

As espécies observadas até julho de 2007 são as seguintes:

1. Amazilia brevirostris
2. Amazilia fimbriata tephrocephala
3. Amazilia lactea
4. Amazilia versicolor versicolor
5. Anthracothorax nigricollis nigricollis
6. Calliphlox amethistina
7. Chlorestes notatus cyanogenis
8. Chlorostilbon aureoventris pucherani
9. Chrysolampis mosquitus
10. Colibri sirrirostris

BEIJA FLORES DE SANTA CRUZ

11. Glaucis hirsuta hirsuta
12. Eupetomena macroura macroura
13. Heliomaster squamosus
14. Hylocharis cyanus cyanus
15. Hylocharis sapphirina latirostris
16. Leucochloris albicolis
17. Lophornis magnifica
18. Melanotrochilus fuscus
19. Phaethornis idaliae
20. Phaethornis prettei
21. Phaethornis ruber ruber
22. Polytimus guainumbi thaumantias
23. Thalurania glaucopis

Curta e Compartilhe!

ADDRESS
Av. Augusto Ruschi, nº 01.
Bairro Santa Cruz, Municipio de Aracruz-ES
CEP: 29196-625

CONTACTS
Tel. 27-3250-6057
+55 27 981-199-292 c/Whatsapp
gabrielruschi@gmail.com